Saltar para o conteúdo

Author Archive

Kick-off meeting do Projeto ERASMUS+ KA2: MathICs

sexta, abril 16th, 2021

MathICs: Reforço do ensino de matemática através da utilização de ICTs em Marrocos

Nos dias 8 e 9 de março, realizou-se a Kick-off Meeting, em formato virtual, do projeto MathICs: “Reforço da utilização de ICTs no ensino de matemática em Marrocos”. MathICs  é um projeto Erasmus+ KA, no âmbito da Ação de “Capacity Building” na área do Ensino Superior, liderado pela Universidade de Almería.

O Vice-Presidente para a Área de Internacionalização da Universidade de Almería, Julian Cuevas, deu as boas-vindas aos participantes na primeira reunião deste projeto europeu, que envolveu universidades europeias e marroquinas, e a empresa  Synapstic  SL.

Este projeto, coordenado pela Universidade de Almería (UAL) e com um orçamento de quase 1.000.000€, visa introduzir as novas tecnologias de comunicação e informação no ensino de matemática em Marrocos, de forma a modernizar o sistema de ensino de matemática no país e assim obter um maior interesse dos alunos nesta disciplina, uma melhor nota final e uma maior taxa de sucesso.

O MathICs foi um dos 164 projetos selecionados a nível europeu das 1005 candidaturas apresentadas. A taxa de sucesso na Região Mediterrânica do Sul foi de apenas 12%, o que mostra o quão competitivas  são estas chamadas.

Para a Universidade de Almería, este é o primeiro CBHE projeto que lidera, e para este objetivo coordenará um consórcio composto por 10 parceiros: Universidad de Almería (Espanha), École Centrale de Nantes (França), Universidade  de  Lisboa- Instituto Superior Técnico (Portugal),  Université Mohammed 5 de Rabat,  Université  Cadi  Ayyad de Marrakech,  Université  Ibn  Tofail  de  Kénitra,  Université Sultan Moulay Slimane de Beni  Mellal,École  Nationale  Superieure  des Mines de Rabat, Acamie  Internationale Mohammed VI de  l’Aviation  Civile de Casablanca e  Synapstic  S.L.

Os membros associados incluem a Rede  Mediterrânica de Escolas de Engenharia e Gestão (RMEI) em França, a Sociedade Marroquina  de Matemática Aplicada de Marrocos, a Associação Marroquina de Escolas Secundárias Privadas (AMESUP) e a Jiwar Educação e Desenvolvimento (Rabat).

A Kick-off meeting, prevista para se realizar em Almería, foi realizada virtualmente, devido à crise de saúde causada pela COVID-19. Esta reunião inicial permitiu que os parceiros se conhecessem e apresentassem e discutissem os aspetos essenciais do projeto.

Mais de 30 pessoas estiveram ligadas através da plataforma de videoconferência fornecida pelo Digital Content Center da UAL. Após as intervenções do Vice-Presidente da UAL, Julián Cuevas, a representante da Comissão Europeia associada ao projeto, Carla  Giulietti, convidada para a reunião, e a coordenadora nacional do Erasmus+ em Marrocos, Latifa Daadaoui, iniciaram a reunião. O coordenador do projeto, o Professor Luis  Oyonarte  Alcalá, apresentou a estrutura geral e os pacotes de trabalho do projeto. Todos os representantes de Marrocos e da Europa fizeram uma breve apresentação da organização que representam. O programa foi composto por apresentações técnicas e workshops em que foram explicados os diferentes pacotes de trabalho (WP) e foram ainda tomadas as primeiras decisões do projeto. O segundo dia foi dedicado a aspetos de gestão económica e financeira, bem como aos acordos de comunicação internos e operacionais do consórcio, através de workshops conduzidos pelos técnicos do Serviço de Relações Internacionais da (UAL) Ana Fe Rodríguez  Fuldauer  e Mª Fernanda Rodríguez Heras. Foi também dado especial enfoco à garantia e controlo de qualidade, no workshop apresentado por Ana Pipio, Coordenadora do Núcleo de Relações Internacionais do Instituto Superior Técnico (Universidade de Lisboa). Durante a tarde, realizaram-se as primeiras reuniões das comissões e dos órgãos de gestão do consórcio das universidades, que, após a sua constituição, realizaram as primeiras sessões de trabalho para tomar decisões e estabelecer as tarefas mais imediatas do projeto.

Este projeto, tal como explicado pelo Vice-Presidente para a Internacionalização da UAL, Julián Cuevas, no seu discurso de abertura, assume particular relevância, tendo em conta o desafio de todo o sector da educação em se adaptar num curto espaço de tempo a um formato virtual devido à pandemia covid19, ao mesmo tempo que tenta salvaguardar os padrões de qualidade. Nas palavras do Vice-Presidente, “este projeto representa uma oportunidade para a troca de boas práticas nesta área, contribuir para a internacionalização das Instituições de Ensino Superior marroquinas e para avançar no processo de digitalização das nossas universidades”. Salientou ainda a importância da matemática e das disciplinas STEM na criação das novas profissões do futuro.  Através da utilização das ICTs, o objetivo é promover o acesso à universidade e a inclusão de minorias e grupos desfavorecidos socialmente, o que contribuirá, sem dúvida, para a empregabilidade dos licenciados e para a prosperidade das nossas sociedades. Como mencionado repetidamente, a inovação e a inclusão serão pilares básicos no novo Programa Erasmus+ 2021-2027.

Nos próximos meses, o consórcio iniciará a seleção dos participantes e a aquisição do equipamento a instalar nas instituições marroquinas antes do verão.

A UAL coordenará este consórcio de 10 universidades e trará ao projeto a sua extensa experiência na gestão de projetos Erasmus+ KA2 e na formação na área das Tecnologias de Comunicação e Informação, aplicadas ao ensino de matemática.

close navigation
close Search